CRÉDITO HABITAÇÃO

crédito à habitação   abrange   os   contratos de crédito destinados à aquisição ou construção de habitação própria permanente, secundária ou para arrendamento. Inclui também os contratos de crédito destinados à aquisição ou manutenção de direitos de propriedade sobre terrenos ou edifícios já existentes ou projetados e o crédito para pagamento do sinal.

Existem  outros créditos hipotecários como os garantidos por hipoteca  e a locação financeira para habitação própria permanente , secundaria ou para arrendamento.

  • Os contratos de crédito que, não correspondendo a um crédito à habitação, estejam garantidos por hipoteca ou por outra garantia equivalente habitualmente utilizada sobre imóveis, como é o caso do crédito consolidado ou do crédito em que não esteja definido o fim a que se destina a quantia mutuada;
  • locação financeira de bens imóveis para habitação própria permanente, secundária ou para arrendamento.

MEMO PARA CONSUMIDORES APRESSADOS

Antes de pedir um empréstimo bancário, tente saber o máximo possível sobre as condições e as possibilidades que os diversos bancos lhe oferecem. Eis as principais questões a colocar, para depois comparar convenientemente as respostas:

  • Estou abrangido por algum regime especial de crédito?
  • Qual o montante máximo que podem emprestar-me?
  • Qual o plano de pagamento e o valor das prestações (ainda que indicativo) do meu empréstimo, enquanto o mesmo durar?
  • Se pretender antecipar o pagamento do meu empréstimo, parcial ou totalmente, quais as condicionantes ou custos associados?
  • Qual o valor das comissões bancárias e de outros encargos relacionados com o processo de abertura de crédito e com a sua gestão ao longo do tempo?
  • Quais as coberturas e os seguros exigidos pelo banco?
  • Qual o valor total dos meus encargos mensais, tendo em conta o pagamento do empréstimo e os prémios dos seguros?
  • Qual a taxa anual de encargos efetiva global (TAEG) para o meu empréstimo?

Caso escolha a modalidade mais comum, a das taxas variáveis indexadas á Euribor, não se esqueça de perguntar:

  • Qual o valor do spread associado à taxa indexada?
  • Como se procede às revisões do valor das taxas de juro (a sua periodicidade, etc.)?